domingo, 31 de julho de 2011


2
Ganhei esse lindo e delicado selinho, de uma linda e talentosa menina chamada Aline. Que tal conferir ? É tudo tão lindo gente...
http://linecristiane.blogspot.com/

sábado, 30 de julho de 2011


4
Esse é do blog com layout novo, ficou lindo !
Que tal ir até lá e conferir?

terça-feira, 26 de julho de 2011


3
Minhas queridas, olha que livro maravilhoso a Maria Lúcia do Asas da Imaginação tá sorteando em comemoração ao segundo ano do blog. É demais !!
Bora lá gente!
http://asasdaimaginacaobyml.blogspot.com/2011/07/sorteio-um-livro-para-voar-nas-asas-da.html

segunda-feira, 25 de julho de 2011


5
Olá meus amores !
Quero me desculpar pelo sumiço, é que estou cheia de coisas pra resolver. E não sei porque, o dia só tem 24 horas. Rsrs.
Mas, pra não sumir de vez, e dar o ar da graça, tem esse pap fofo da amiga Alê Lira do http://bylirarts.blogspot.com/ 


Uma semana cheia de felicidade pra todos!


Material necessário:

- lata sem rótulo e limpa com álcool
- tinta pva
- primer para metais ou galvite
- pincel / arame para alça
- guardanapo para decoupage
- termolina o verniz a base dágua
- arame para alça (vendido em ferragens)
- fuxico ou laço para decorar

01 - Primeiro passo é deixar a lata limpinha, sem rótulo. Depois, passar uma demão de primer para metais cor clara por dentro e po fora. Após 24h, pintar por dentro e o fundo com uma cor mais escura que combine com o guardanapo que será usado.

02 - É preciso cortar o guardanapo do tamanho do rótulo da lata e deixá-lo só com uma camada, ele fininho adere bem na lata.

03 - Comece colocando o guardanapo em cima da lata e vá passando verniz com pincel macio com muito cuidado para que não rasgue.

04 - Se for preciso, corte o pedaço que sobrar. A lata ficará assim.

05 - Para dar um acabamento na pintura, uso a técnica da "chuva americana". Consigo este efeito molhando uma escova de dentes em um pouquinho de tinta. Com o dedo polegar, respingo na lata com cuidado. Faça isso por dentro e no fundo da lata.

06 - Para fazer os furos e fixar a alça, uso uma ferramenta que parece um prego, porém mais afiada. Pode ser usado um prego caso não tenha a ferramenta.

07 - Com um alicate, arremato a pontinha do arame para não ficar pontas nem soltar.

08 - Pode colar nas laterais uma flor de fuxico ou um laço para dar o acabamento final. A cola mais recomendada é a cola quente.

Como sugestão, costumo colocar um pano de prato com motivo parecido com o da lata. Fica um excelente pesente! Outra idéia é rechear a lata com bom bom, ou o que sua imaginação mandar.

Eu adorei, espero que vcs  também.
Bjs. 

quinta-feira, 21 de julho de 2011


BOLSINHA PORTA MOEDAS

7
 

MATERIAL
- Retalhos de tecidos estampados
- 14 cm de tecido para o forro
- 14 cm de entretela de papel sem colante
- 9 cm de papelão
- 1 ferragem
- Manta acrílica
- Giz de alfaiate

 COMO CORTAR:

- Corte retalhos de tecidos estampados, para formar o tecido de base, conforme explicado na montagem 1.
- Corte 1 quadrado do tecido de base pronto 14x14cm
- Corte 2 quadrados de tecido 14x14cm para o forro
- Corte 1 quadrado de manta acrílica - Corte 1 quadrado de entretela de papel sem colante de 14x14cm







 
MONTAGEM:

1- Costure os retalhos sobre a entretela, um sobrepondo a costura do outro, fazendo um patchwork tipo “crazy” (união aleatória de tecidos coloridos).                                      



2- Sobreponha à manta acrílica, os tecidos do forro e das bases e o molde. Risque toda a volta com giz de alfaiate e corte, marcando as pences em todas as partes (manta acrílica, tecidos e bases).


 3- Costure as pences.
 4- Forme um sanduíche com o forro, manta acrílica, o outro forro e tecido de base. Costure toda a volta, deixando uma abertura na boca permanecendo no avesso.
5- Costure da mesma forma a parte externa e vire para o direito, encaixando um dentro do outro.
6- Recorte um papelão no formato da ferragem, e encaixe junto na abertura da bolsinha.
7- Encaixe o papelão entre o forro e a base.
8- Encaixe a ferragem com o auxílio de uma chave de fenda, aperte com o alicate.
 Criação de Cida Reis
Passo a passo elaborado por Lourdes Cavalini do Ateliê Singer
Apoio Linhas Coats Corrente

















3
Um presente para todos o verdadeiros amigos

 
 
Gosto de gente com brilho nos olhos, que incendeia os outros com a chama do fogo da paixão, o que é próprio das pessoas que escolheram fazer o que gostam. Presto mais atenção, ainda, naquela pessoa que aprende a gostar do que está fazendo…
Gosto de gente que não recua frente aos desafios de modificar o que precisa ser modificado. Essas pessoas sabem que a força e o sucesso da transformação, está em saber que o primeiro e o mais importante passo, é modificar a si próprias…
Gosto de gente que se emociona com o singelo da vida. Esses são diferenciados, pois nunca perdem a oportunidade de enxergar o óbvio e desfrutar da beleza, nem sempre aparente das coisas simples…
Gosto de gente que planta, de gente que colhe e de quem sabe plantar para colher. Esses têm a iniciativa dos empreendedores…
Gosto de gente que resiste às tentações do ilícito e do mal e repudia todas as suas outras formas de manifestação. Esses podem ter convivido uma vida inteira na pobreza, mas nunca conhecerão a sua pior forma de expressão: a pobreza de espírito…
Admiro muito os que sabem reconhecer e compartilhar o crédito com o autor da obra! Gente assim tem uma maneira a mais de se realizar e crescer pelo sucesso do outro…
Gosto daquele que tem o hábito de agradecer. Essa prática combina gratidão com humildade, dois ingredientes imprescindíveis para a manutenção do sucesso…
Gosto de gente perseverante, pois, sem dúvida, a tenacidade é a forma mais certa de superação…
Admiro as pessoas que brilham como as estrelas. Mas aprendi gostar e apreciar o brilho maior, muitas vezes invisível: ”dos produtores de estrelas…”
Gosto de gente que repudia o preconceito em todas as suas formas de manifestação. Esses sabem o valor da inclusão e da importância de conviver com a diversidade…
Gosto de gente que engravida além do biológico. Esse ser masculino ou feminino, gera a vida por solidariedade e dá abrigo ao próximo. Pessoas assim, com certeza, têm um órgão a mais que os outros: um útero no coração…
Gosto de estar perto de gente jovem de qualquer idade. Pessoas com essa característica, jamais criarão rugas na alma…
Gosto de gente que sabe que o crescimento como pessoa, vem da capacidade de tolerar o intolerável, de conviver com o que parece impossível de conviver e muito, mas muito acima, perdoar o que todos imaginam o imperdoável…
Gosto de gente que faz da atividade presente, a grande construtora do futuro. Esses terão sempre sua história conspirando a seu favor…
Gosto dos amantes do belo e estou desconfiado, que é de gente assim que Deus também gosta.
 
(autor desconhecido) 

 Tudo de bom pra todo mundo !!

sábado, 16 de julho de 2011


3
Oi gente, vim lhes desejar um fim de semana cheio de paz e luz. E uma dica bem simples para viver em harmonia.

Não estrague o seu dia. A sua irritação não solucionará problema algum...
As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas....
Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar... O seu mau humor não modifica a vida...
A sua dor não impedirá que o sol brilhe amanhã sobre os bons e os maus...
A sua tristeza não iluminará os caminhos...
O seu desânimo não edificará a ninguém....
As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua própria felicidade...
As suas reclamações, ainda mesmo afetivas, jamais acrescentarão nos outros um só grama de simpatia por você...
Não estrague o seu dia... Aprenda, com a Sabedoria Divina, a desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre para o Infinito Bem.
Muita energia positiva para você.


Francisco Cândido Xavier

0
Esse lindo selinho eu ganhei da Beth, é um blog didático, lúdico, muito interessante para as mamães.
Obrigada querida.

quarta-feira, 13 de julho de 2011


4
Adoro passear por lá. Porque vc não faz o mesmo?
Obrigada Lu, amei!!

terça-feira, 12 de julho de 2011


9
Olha que selinho mais lindo do blog Renascer da Denise

sexta-feira, 8 de julho de 2011


3
 Esse lindo selinho eu ganhei da minha querida prima Eliane. Visitem o cantinho dela, vcs vão amar.
http://sonhoearteeliane.blogspot.com/

quinta-feira, 7 de julho de 2011


7
Seu primeiro livro, Poemas dos Becos de Goiás e outras histórias mais , foi publicado em 1965, e levou Cora, aos 75 anos, finalmente a ser reconhecida como a grande porta-voz de uma realidade interiorana já afetada pelo avanço da modernidade. O poeta Carlos Drummond de Andrade, surpreendido com a obra de Cora, escreveu-lhe em 1979: "(...) Admiro e amo você como a alguém que vive em estado de graça com a poesia. Seu livro é um encanto, seu lirismo tem a força e a delicadeza das coisas naturais (...)".


Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.
Cora Coralina

Assim eu vejo a vida

A vida tem duas faces:
Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo
Aprendi a viver.
Cora Coralina

Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no solo da vida.
Se for para semear,
então que seja para produzir
milhões de sorrisos,
de solidariedade e amizade.
Cora Coralina
Fonte: www.vilaboadegoias.com.br/cora_coralina/biografia_de_cora_coralina.htm

terça-feira, 5 de julho de 2011


5
DESEJOS
 

Desejo a vocês...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na tv
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender uma nova canção
Esperar algué na estação
Queijo com goiabada
Por do sol na roça
Uma festa
Um violão 
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.

Carlos Drummond de Andrade

segunda-feira, 4 de julho de 2011


1

0

0

3
Porta Jóias com decoupage
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Adorei a visita !!


"A maior caridade que praticamos em relação à Doutrina Espírita é a sua divulgação."
(Emmanuel)
Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir."

Cora Coralina