quinta-feira, 7 de julho de 2011


7
Seu primeiro livro, Poemas dos Becos de Goiás e outras histórias mais , foi publicado em 1965, e levou Cora, aos 75 anos, finalmente a ser reconhecida como a grande porta-voz de uma realidade interiorana já afetada pelo avanço da modernidade. O poeta Carlos Drummond de Andrade, surpreendido com a obra de Cora, escreveu-lhe em 1979: "(...) Admiro e amo você como a alguém que vive em estado de graça com a poesia. Seu livro é um encanto, seu lirismo tem a força e a delicadeza das coisas naturais (...)".


Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.
Cora Coralina

Assim eu vejo a vida

A vida tem duas faces:
Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo
Aprendi a viver.
Cora Coralina

Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no solo da vida.
Se for para semear,
então que seja para produzir
milhões de sorrisos,
de solidariedade e amizade.
Cora Coralina
Fonte: www.vilaboadegoias.com.br/cora_coralina/biografia_de_cora_coralina.htm

7 comentários:

maria lucia disse...

Lindo, lindo, lindo este post, faz bem para alma, espirito ... nossa, obrigada, amei ler, vou pegar uns mimos tá. bjim no coração
seja feliz
http://almalevefeliz.blogspot.com/

maria lucia disse...

Ops ... rsrsrs já peguei rsrsr

Leonor Siqueira disse...

A Cora era uma mulher genial, romântica e sensível. Ótimo post.

Pathy Moreira disse...

Oi!! Adorei seu blog e já virei sua seguidora!! Também quero te convidar para conhecer o meu cantinho e participar do meu segundo sorteio!! Bjão

http://adoravelnecessaire.blogspot.com
@pathyamorinha

Arteira! disse...

Olá minha linda.
Que história heimmmmmmmmmmmmm.
Lendo tudo isso, só nos faz acreditar que nada é impossivel, mas nada é eterno, por isso sonho cada dia que passa, só de olhar p/ ela e saber da idade!
A gente reclama muito...
Essa é uma lição de vida.
Saber viver é uma lição de vida.
Lindo.
Bjão e fique com Deus.
www.sonhoearteeliane.blogspot.com

maria lucia disse...

Oi Rita, que bom assim não me sinto tão só neste mundo novo prá mim, obrigada bjim

Denise Santos disse...

Oi achei super lindo as mensagens.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Adorei a visita !!


"A maior caridade que praticamos em relação à Doutrina Espírita é a sua divulgação."
(Emmanuel)
Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir."

Cora Coralina